Estágio da cidade:
• Saiba mais
Centro de Operações
nas Redes Sociais

Saiba Mais – Estágios Operacionais da Cidade

Significa que não há ocorrências que provoquem grande alteração no dia a dia da população. Neste estágio, podem ocorrer, por exemplo, pequenos acidentes, enguiços de veículos, queda de árvores sem ou com pouco impacto para a fluidez no trânsito, além de acúmulos de água na via que não geram riscos ou interfiram de forma importante na circulação do tráfego.

Representa que um ou mais incidentes estão impactando no mínimo uma região da cidade, podendo causar reflexos relevantes no trânsito ou comprometer o deslocamento da população. O acúmulo de água em vias importantes ou bolsões em ruas e avenidas podem, por exemplo, levar a cidade a entrar neste estágio operacional.

Indica que, pelo menos, uma grave ocorrência ou um evento inesperado de grande porte está causando algum tipo de transtorno em uma ou mais regiões da cidade. Ou ainda um temporal que eleve o índice pluviométrico e o risco de deslizamento nas encostas. Nestes casos, equipes emergenciais da prefeitura já estão atuando para minimizar os impactos e possíveis riscos que a população (ou parte dela) esteja correndo.

Previsão do Tempo

Radar Meteorológico

O Radar Meteorológico do Sumaré é um radar do tipo banda-C e está localizado no alto da Serra da Carioca, dentro do Parque Nacional da Tijuca, a uma altitude de 695,51 metros. Sua operação teve início em dezembro de 2010 e atualmente é operado pelo Sistema Alerta Rio, diretamente do Centro de Operações Rio (COR), no bairro da Cidade Nova, de forma remota através de links de rádio.

Entenda o Radar

As imagens do radar meteorológico da Prefeitura do Rio de Janeiro são um importante instrumento para a detecção de chuvas e tempestades. Localizado no Sumaré, ele envia imagens atualizadas a cada dois minutos, permitindo observar a localização, o deslocamento e a intensidade da precipitação.

A refletividade captada pelo radar (legenda) indica a quantidade de gotas de chuva na atmosfera, possuindo assim relação com a precipitação. Quanto maior o valor em dBZ, maior é a intensidade da chuva, como mostra a tabela abaixo: